Medicina Tradicional Chinesa

A MTC, também conhecida como Medicina Chinesa, é o nome usualmente dado ao conjunto de práticas de medicina tradicional em uso na China, desenvolvidas ao longo dos milhares de anos da sua história. É considerada uma das mais antigas formas de medicina oriental. Ela inclui entre os seus princípios o estudo da relação de Yin/Yang e do sistema de circulação da energia pelos Meridianos do corpo humano. Descoberto há 7 mil anos, Jing Luo consiste num sistema de meridianos responsáveis pela comunicação e distribuição de energia pelo corpo humano. Os canais carregam e distribuem o Xue (sangue) e o Qi (energia). Segundo este princípio, se estimularmos determinados pontos do meridiano, é possível reequilibrar as energias do corpo e de órgãos.

Para reequilibrarmos a MTC engloba várias técnicas como a acupuntura, a Eletroacupuntura, Massagem Tuina, Ventosaterapia, Moxabustão e Fitoterapia.

Patologias em que medicina chinesa é utilizada:

➢ Problemas do foro psicológico: ansiedade, depressão, insónias, fadiga crónica, enxaquecas, irritabilidade excessiva;

 

➢ Problemas ginecológicos: dismenorreia, amenorreia, hipermenorreia, menstruação irregular, TPM;

 

➢ Obstipação, diarreia;

 

➢ Sinusite, rinite, alergias;

 

➢ Dores : cervicalgia, lombalgia, ciatalgia, gonalgia, sindrome do túnel cárpico, tendinites , lesões;

 

➢ Tabagismo;

 

➢ Atenuar sintomas: menopausa, enjoos (gravidez ou não ), quimioterapia;

 

➢ Retenção de líquidos;

 

➢ Emagrecimento, celulite.

• A Acupuntura é uma terapia que consiste na aplicação de agulhas muito finas em pontos específicos do corpo, reequilibrando a energia vital do organismo. Tem como alguns objetivos o tratamento de diversas doenças físicas agudas ou crónicas, distúrbios emocionais, além de melhorar o sistema imunitário. Estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos outros tecidos, otimizando a produção de energia, diminuição do stress, bem como desencadear diferentes efeitos no corpo como ação analgésica e anti- inflamatória. 

• A Eletroacupuntura é uma terapia que tem como base os princípios da Acupuntura. A principal diferença é que na Eletroacupuntura são utilizados aparelhos elétricos que, conectados às agulhas ou eletrodos, transmitem estímulos a determinados pontos do corpo com o objetivo de desobstruir e equilibrar o fluxo de energia Qi. Trata-se de uma técnica de potencialização da Acupuntura tradicional, a Eletroacupuntura funciona por meio de estímulos elétricos. Ela possui uma ação analgésica em torno de 10 a 20 minutos mais rápida do que a Acupuntura. Além disso, a Eletroacupuntura utiliza na maioria das vezes menor número de agulhas para produzir analgesia. Enquanto a estimulação mecânica das agulhas promove apenas analgesia, a eletroacupuntura pode ser utilizada tanto para analgesia quanto para anestesia. 

• A Massagem Tuina é uma forma de massagem chinesa que complementa as duas terapêuticas anteriormente referidas acima. Tem também como objetivo regular a função dos meridianos, equilibrando o respectivo fluxo de energiaé executada nos mesmos pontos e meridianos, como se uma sessão de acupunctura se tratasse, através de um conjunto de técnicas manuais, onde o profissional utiliza as mãos, dedos, punhos, cotovelos, antebraços e joelhos. 

• A Ventosaterapia é uma forma de acupuntura, que funciona através do aquecimento de um líquido inflamável no interior de copos de vidro ou até mesmo de plástico ou silicone de formato redondo. Quando a chama se apaga, dentro dos copos cria-se um vácuo parcial, funcionando como uma ventosa. Assim, com a diferença entre as pressões externa e interna do objeto, uma  força de sucção é criada, o que serve para estimular o fluxo sanguíneo nas regiões do corpo em que são aplicados. As ventosas são retiradas da pele após cerca de 10 minutos, deixando uma sensação de calor durante certo tempo. A sucção acaba então causando marcas vermelhas na pele, e que devem desaparecer no período de três a quatro dias. Quanto mais escuras são as marcas deixadas pela técnica, mais pobre seria a circulação naquela área específica do corpo. 

• A Moxabustão dirige-se aos mesmos pontos da acupunctura, mas consiste na aplicação de calor. Este calor obtêm-se da combustão de “lã” de moxa, um instrumento confecionado com folhas de artemisia vulgaris,com a forma de charutos ou cones com o mesmo objetivo da acupuntura promover a circulação de energia e sangue e também uma acção anti-inflamatória. 

• A Fitoterapia Chinesa é parte integrante da Medicina Tradicional Chinesa e cada vez mais vem sendo utilizada no mundo todo como terapia de escolha para diversas doenças. As substâncias utilizadas na Fitoterapia Chinesa, ou também chamada de Matéria Médica Chinesa, incluem substâncias de fontes vegetais, animais, fúngicas, minerais e alguns produtos químicos e biomédicos. As substâncias de origem vegetal correspondem a mais de 80% de toda a Matéria Médica Chinesa. Prescrita de forma correta, trata a doença como um todo com o mínimo de efeitos secundários e fortalece o organismo para preservar a saúde e prevenir doenças.

Rua Cândido dos Reis, 60B – Cacilhas, Almada

samadhitemplodecura@gmail.com

+ 351 968 777 548

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto